O consumo consciente assumindo o lugar do consumismo. Para onde vai o consumo I.

O que é o consumo consciente e o consumismo, qual vai prevalecer no futuro?

Não tem como pensar em como será consumir no futuro sem fazer uma pergunta.

Se mantermos o ritmo atual do consumo será que vai haver recursos suficientes para produzir todo essa demanda lá na frente?

Atualmente para produzir tudo o que consumimos em um ano, necessitamos de 1 Terra inteira mais 0,7 dela. Ou seja, vai chegar o dia em que o saldo vai ficar negativo. Isto significa que o dia em que Terra não terá mais condições de produzir para nos atender vai chegar.

O dia da Sobrecarga da Terra chegou, saiba porque esse é um dia triste e o que você tem a ver?

E mais cedo do que imaginamos.

Assim, a resposta à pergunta é:

Não.

Simplesmente porque se a Terra não dá conta hoje da nossa demanda por recursos naturais, imagine em 2030, 2050. E só haverá o suficiente para todos e para sempre se cada um consumir apenas o que precisa para o seu bem estar, nada além disso.

Palavras da Akatu.

Esta é a consequência do estilo de consumo de hoje, ao qual chamamos de consumismo.


Consumismo

É a base da economia atualmente. Consumir o máximo que puder para fazer a roda funcionar e gerar riqueza.

Não se importando com a capacidade financeira, os impactos tanto ambientais (por exemplo escassez de água potável, excesso de lixo, poluição, desmatamento, aquecimento) quanto aos sociais (como semiescravidão, uso massivo de mão de obra barata de países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento gerando mais pobreza) e os impacto psicológicos (como endividamento, compulsividade, superficialidade, falta de objetivos claros, depressão, ansiedade e até suicídio).

É um consumo onde o ter é mais importante do que o ser. O desejo é vendido como se fosse necessário. O supérfluo vira essencial. As dívidas viram rotinas. As compras surgem como terapia.

Queremos muitas coisas, mas na realidade não precisamos delas.

O consumismo gera pessoas consumistas, que gastam mais do que tem condições de pagar, compram o que não precisam, são carentes, possuem um vazio existencial, prezam o status por meio de posses, desperdiçam dinheiro, tempo e recursos naturais. A aparência é muito importante tanto física como financeira.

O ter é fundamental.

Nos anos 1900 cada família possuía em média 400 coisas, contra 10.000 atualmente.

Daí vem a pergunta precisamos mesmo de 10.000 coisas?

Uma peça de roupa vai mudar o seu jeito de ser?

Aonde vai parar o que consumimos? Infelizmente não nos mais necessitados.

A pandemia, principalmente no ano passado nos mostrou o quanto estamos sendo irracionais – e dependentes do consumo, escancarando o que estamos fazendo conosco.

Daí que como contraponto ao consumismo temos o Consumo Consciente que surge como um ponto de virada e a base para muitos outros estilos e comportamentos.


Consumo Consciente

Falar sobre consumo, entre outras perspectivas, é falar de onde vão vir os materiais usados para produzir os bens e serviços que vamos consumir e aonde ele vai parar. É olhar para o ser humano não apenas para os lucros. É assumir responsabilidades.

Assim consumir com consciência é consumir de forma que aquilo que compramos, usamos, temos e possuímos gere o menor impacto possível – tanto quanto aos recursos naturais, econômicos e sociais. O suficiente para o nosso bem-estar, sem exagero e sem desperdiçar (entende-se jogar fora).

O consumidor consciente é empoderado, procura gerar o menor lixo possível, preza a qualidade ao invés da quantidade, preza a experiência em detrimento à posse, só consome aquilo que tem condições de pagar, não se endivida, se preocupa de quem compra, faz valer da sua força para mudar marcas, produtos e serviços.

Não é só sobre a forma de viver e de consumir, é também a forma de se locomover, morar, viajar, vestir, comer, beber e de se entreter e divertir. Isto muda a compra no supermercado, no shopping, nas lojas, nos hotéis, na internet, nos aplicativos.

Ele NÃO compra, consume, possui aquilo que polui, que traz dívidas, que empobrece, que deprime, que destrói.

Afinal o consumidor consciente sabe que o que ele consome teve uma exploração em algum lugar do planeta, que pessoas trabalharam nele, que houve um transporte e sabe onde ele será descartado. E a depender do que ele escolheu consumir, pode fazer bem ou mal para si mesmo, para você, para os outros e para o planeta todo pois tudo está conectado.

A matemática é simples, menos coisas parando no lixo, menos dinheiro gasto, mais dinheiro disponível para gastar com coisas mais sensatas. Seu bolso e o planeta agradecem.

Consumir com consciência é um caminho simples – e barato -para trazer impacto positivo imediatamente para as pessoas e o planeta.


As pesquisas sobre o consumo

Algumas pesquisas sobre para onde caminha o consumidor detectaram este movimento já nos anos anteriores, agora continuam firmes, cada vez mais fortes e vão mais longe.

Segundo a Pesquisa Nielsen 2021, produtos, marcas, empresas, serviços com algum impulso sustentável conseguirão incentivar a preferência por eles em 3 x mais. Há uma tendência de consumo de produtos saudáveis, naturais, fazer em casa (do-it-yourself) e que tragam experiências.


Na mesma linha segue a pesquisa da PwC indicando a continuidade de se consumir produtos saudáveis, naturais e sustentáveis e mantem a preocupação de consumir marcas que de alguma forma adotem o ESG (Meio ambiente, Social e Governança). O consumo consciente vai continuar crescendo inclusive de marcas que estejam alinhadas com seus valores e tenham propósitos ou lutem por uma causa.

Já no estudo da TrendWatsching, as marcas devem ficar mais transparentes no que e como fazem os seus produtos e serviços, e isto se casa com o ESG. A busca pelo status sai da necessidade de mostrar o quanto tenho para quem sou eu. O ser sendo mais importante do que o ter. Pessoas saudáveis, criativas, empreendedores são vistas como de sucesso. E finalmente 53% dos pesquisados evitam fortemente consumir de marca que tenham impactos sociais e ambientais negativos.

Segundo a Revista Consumidor Moderno que ouviu especialistas que indicaram 10 tendências de consumo, também vão nesta linha: Social Shame – algo como vergonha social, como por exemplo consumir em excesso, beber fora do controle, usar plástico são comportamentos considerados cafonas. Outra tendência é Pós-humanização que quer consumir pensando de forma Holística e nos impactos que causam no planeta. E por fim a tendência Hiperecologia que aponta a preocupação com a degradação da natureza e a sua consequência, as marcas para serem consumidas terão que sair do passivo e agir para mitigar os danos que elas causam.

São vários comportamentos que convergem para o consumo consciente.

E tudo isso em um contexto faz sentido.

E a Educação Financeira

A chave do futuro está nas nossas mãos, nós é que vamos decidir:

“Como nós vivemos hoje é que vai decidir se vamos desperdiçar os recursos limitados do planeta ou não.”

Ralf Nacke.

E a Educação Financeira também entre neste contexto.

Porque o nosso dinheiro é igualmente limitado, desta forma também está nas nossas mãos desperdiçar ou usar com inteligência, sabedoria. Adotando o consumo consciente também estamos escolhendo um impacto positivo para o nosso próprio bolso.


Saiba mais:

Aprenda a fazer um Orçamento Consciente usando o 5R

O futuro para o Consumidor Consciente é a consequência das escolhas de hoje

Dinheiro compra tudo? O que ele não deveria comprar!

Estilos lesivos de lidar com o dinheiro – Agir sob influências culturais e tradições

É possível viver sem ter dívidas? Dúvidas do divã?

Descubra se os Influenciadores digitais estão dominando o seu estilo de consumo.

Fontes

Preparing for tomorrow’s consumers today: The future of consumer markets (pwc.com)

Pós-Verdade ou Consumismo Verdadeiro? 5 tendências para o futuro – Endeavor Brasil

Especialistas em comportamento apontam 10 tendências de consumo (consumidormoderno.com.br)

Nielsen-Book-2021-Portugues-210310-205350.pdf (abevd.org.br)

Bewusster Konsum: So kaufen wir nur das, was wir wirklich brauchen (the-ognc.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s