Fazer compras não é passear e passear não é fazer compras. Dicas de Natal.

Comprar e passear são coisas diferentes. Quando passeamos estamos relaxados, alegres e por isso propensos a gastar mais. As compras impulsivas fazem a festa. E sabe o que isso significa? Gastar dinheiro com aquilo que não precisa. E quando for precisar realmente comprar algo importante o dinheiro se foi. Por outro lado, ir fazer compras com toda a família como se fosse um passeio também … Continuar lendo Fazer compras não é passear e passear não é fazer compras. Dicas de Natal.

Como se proteger de nós mesmos?

O nosso cérebro consegue nos sabotar. Em nome da agilidade e eficiência ele toma decisões rápidas, simples e como o menor esforço possível. Para isso ele se vale de atalhos mentais chamadas de heurísticas. O problema é que com isso ele erra no julgamento e da mesma forma em determinadas circunstâncias. São situações específicas que o nosso cérebro age sempre da mesma forma nos fazendo … Continuar lendo Como se proteger de nós mesmos?

Quando as dores ditam o que a gente compra.

Recentemente vimos vários vieses comportamentais e percebemos como esses atalhos mentais fazem com que a gente haja de forma nada lógica em relação ao consumo. Reunimos aqui todos esses atalhos mentais, também chamados de heurísticas que levam a dor muito a sério. O Efeitos Adesão:  não queremos ficar isolados, dói se sentir excluído, e por conta disso acabamos por comprar o que a maioria está … Continuar lendo Quando as dores ditam o que a gente compra.

Você é igual a todo mundo?

A maioria das pessoas vai responder que NÃO. Então porque você compra o que todo mundo está comprando? Muitas vezes o que escolhemos comprar, consumir é o que a maioria também está. Toda nova estação do ano, corremos e compramos o look da moda. E isso não é comprar igual a todo mundo? Ficamos horas na fila da loja ou madrugamos e ficamos navegando na … Continuar lendo Você é igual a todo mundo?

O leite derramado e o que ainda vai derramar: Falácia dos custos irrecuperáveis, ilusão de controle. Os vieses do consumidor IV

O leite derramado e o que ainda vai derramar: Falácia dos custos irrecuperáveis, ilusão de controle. Os vieses do consumidor IV Continuar lendo O leite derramado e o que ainda vai derramar: Falácia dos custos irrecuperáveis, ilusão de controle. Os vieses do consumidor IV

Quando a emoção decide a compra, conheça a Heurística do Afeto, Grátis, Escassez, Dor do Pagamento, Lacunas da Empatia. Vieses comportamentais III

O nosso cérebro aciona as emoções muito mais do que imaginamos, mesmo para as pessoas consideradas menos emotivas. São os atalhos mentais emotivos que querem facilitar o consumo Continuar lendo Quando a emoção decide a compra, conheça a Heurística do Afeto, Grátis, Escassez, Dor do Pagamento, Lacunas da Empatia. Vieses comportamentais III

Duas vezes em que a primeira impressão é a que compra, conheça o Efeito Halo e o Viés da Ancoragem. Os vieses do consumidor II

As decisões de consumo são muito influenciadas pela forma como nosso cérebro trabalha. Existem atalhos mentais em que o que vem primeiro é fator determinante para a escolha de consumo. Ele se chama Efeito Halo e o Viés da Ancoragem. Continuar lendo Duas vezes em que a primeira impressão é a que compra, conheça o Efeito Halo e o Viés da Ancoragem. Os vieses do consumidor II

O efeito Adesão ou Manada e o efeito Ponto Cego influenciando a decisão de consumo. Os vieses do consumidor I.

Esses dois vieses do consumidor são antagônicos. O primeiro nos mostra que compramos o que todo mundo está comprando, mas por outro lado no viés Ponto Cego achamos que somos mais racionais do que os outros e por isso acreditamos que não somos influenciados na nossa decisão de compra. Continuar lendo O efeito Adesão ou Manada e o efeito Ponto Cego influenciando a decisão de consumo. Os vieses do consumidor I.

Conheça os vieses comportamentais do consumidor, um sabotador com boas intenções.

Nosso cérebro usa vários recursos para trabalhar e um deles é a heurística. Só que esse recurso nos induz a cometer erros em determinadas situações. Entender como elas funcionam nos levam a tomar melhores decisões de consumo. Continuar lendo Conheça os vieses comportamentais do consumidor, um sabotador com boas intenções.