Aproveite a Black Friday e fale sobre consumismo e consumo consciente. Ensinando EF.

A Black Friday é um excelente exemplo de como o comércio pode nos influenciar e manipular para gastar dinheiro. Veja várias sugestões de como aproveitar este exemplo e colocar a Educação Financeira em prática e aprender a tomar as rédeas do próprio dinheiro.

Índice
1) Fale sobre o consumismo
2) Neuromarketing e os Vieses Comportamentais
3) Técnicas de venda – as publicidades e propagandas
4) Fale sobre a Black Friday
5) Material que ajuda na hora das compras

A forma mais efetiva de ensinar é trazer o conteúdo para a realidade dos alunos, colocar em prática e associar com o dia a dia.

Então nada mais pertinente do que trazer o assunto CONSUMISMO e CONSUMO CONSCEINTE em época de Black Friday e Natal.

São os momentos mais aguardados pelo comércio.

Porquê?

Simples: é a época do ano onde mais se vende. Tem muito comércio que só sobrevive por causa destas duas datas. Ou seja, quanto mais faturarem – leia-se ganharem dinheiro com as vendas – melhor.

Daí é um pulo para incentivarem ao máximo que os consumidores gastem o dinheiro que tem e que não tem, comprando.

Isso se traduz em dívidas, troca de sonhos pessoais pelo consumo que foi estimulado por outros.

Deixamos de realizar o que queremos porque cedemos aos apelos do comércio, dos anúncios de TV, das propagandas, amigos, etc. Todos estão “buzinando”: Compre, compre, compre.

Apelos não faltam.

Por isso não vão faltar exemplos de como abordar estes assuntos e incentivar os jovens (e adultos) a se protegerem, a não se deixar levar pelo consumismo, muito menos aos apelos vindos de todos os lados e a cuidar do seu bolso e assim conseguir ir atrás de seus sonhos.

1) Fale sobre o consumismo

Use o artigo Precisamos falar sobre consumo. Ensinando e Aprendendo EF como base, lá tem todos os materiais e conteúdo disponíveis que falam sobre consumismo.


Além desse material trate desses assuntos – assuntos esses que vão explicar muito do nosso comportamento perante o consumo:

2) Neuromarketing e os Vieses Comportamentais

Mostre como o neuromarketing trabalha para nos influenciar, dê uma olha nos vieses do consumidor para saber como o comércio se faz valer de como nosso cérebro age para tomar vantagem e nos fazer gastar mais. Já falamos deles por aqui:

Os que mais são usados como persuasão de compras na Black Friday são:

Efeito Adesão ou manda, o Viés da Ancoragem, Heurística do Afeto, Custos Irrecuperáveis e Ilusão de controle. Aqui vão os links para as matérias:

O efeito Adesão ou Manada e o efeito Ponto Cego influenciando a decisão de consumo. Os vieses do consumidor.

Duas vezes em que a primeira impressão é a que compra, conheça o Efeito Halo e o Viés da Ancoragem. Os vieses do consumidor II

Quando a emoção decide a compra, conheça a Heurística do Afeto, Grátis, Escassez, Dor do Pagamento, Lacunas da Empatia. Vieses comportamentais III

O leite derramado e o que ainda vai derramar: Falácia dos custos irrecuperáveis, ilusão de controle. Os vieses do consumidor IV

Sugestão de trabalho: divida a sala em grupos, cada grupo estuda um viés comportamental, cria e encena para os outros grupos uma situação de consumo onde esse viés acontece.


3) Técnicas de venda – as publicidades e propagandas

O comércio vai usar de todas as “armas” que possui para fazer o consumidor gastar. Atualmente existem muitas técnicas de vendas, publicidades e propagandas tão bem feitas (elas também se valem do neuromarketing) que os desavisados acabam comprando o que não queriam e nem precisavam.

Vale também conduzir uma pesquisa na internet, no supermercado, nas revistas, na TV para identificar a mensagem que trazem que vão fazer as pessoas comprarem.

Aqui publicamos uma série dessas técnicas e como as publicidade e propagandas agem:

Use como conteúdo para essa pesquisa. Comece com este artigo: Não deixe as técnicas de venda influenciarem as suas compra, depois Não deixe a publicidade e as propagandas influenciarem o que você consome.

Descubra se os Influenciadores digitais estão dominando o seu estilo de consumo.

Dicas e estratégias para não se deixar influenciar pela publicidade e propaganda

Pense rápido. Qual skate é mais barato? O de R$ 500,00 ou R$ 499,99

Não perca a oportunidade. É de graça! Só que não. Você é que está sendo dado de graça para você gastar.

e termine com Quer saber onde você é a isca?

Sugestão de trabalho: divida a sala em grupos, peça que desenvolvam uma peça publicitária, ou campanha de marketing (escrito ou vídeo) que influencie a decisão de compra do consumidor. Use os exemplos que citamos nos artigos.


4) Fale sobre a Black Friday

Peça que pesquisem como surgiu, qual é a intenção ou objetivo desta data.

Também vale pesquisar no Procon e Reclame Aqui quais foram a maioria dos golpes praticados na sua região e na internet.

Sugestão de trabalho 1: Outra atividade interessante é a pesquisa de campo. Organize grupos para visitar as principais lojas no dia do Black Friday já munidos do conhecimento descrito acima para identificarem o que aprenderam.

No final peça que sugiram iniciativas para evitar o consumismo, as compras por impulso e o endividamento nesta época. Enfim, como se blindar.

Neste nossos ebooks, temos várias sugestões relativas ao Natal, inclusive a ser um consumidor consciente.

Sugestão de trabalho 2: Promova um debate ou roda de conversa. Levante estes questionamentos: Os preços ofertados neste dia valem realmente a pena? Os descontos são mesmo vantajosos? Os consumidores se beneficiam deste tipo de campanha, aqui no Brasil? Como é nos outros países? Qual a melhor estratégia para se beneficiar desta data?


5) Material que ajuda na hora das compras

Fazer um planejamento é uma das atitudes mais importantes. Temos um modelo exclusivo para o Natal, para imprimir ou usar no excell. Dá para usar também na Black Friday.

Fazer pesquisa de preços também é uma ótima estratégia para não sair comprando e se arrepender depois.

baixe: Comparar para depois comprar.

Aprender a fazer a melhor escolha consciente de consumo também é uma ferramenta que ajuda a frear o consumo excessivo.

Investigando o meu Consumo Consciente

Se tiver tempo dá para ir mais longe e falar sobre Consumo Consciente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s