Aproveite o Dia das Mães e ensine Educação Financeira – Ensinando e Aprendendo EF

A Educação Financeira tem que ser vivida em situações reais. E nada como o Dia das Mães para fazer isso. Afinal se transformou em uma data comercial.

A data do dia das Mães é a segunda melhor data para o comércio perdendo somente para o Natal em termos de faturamento.

Por isso não precisa de muitos argumentos para que cada comerciante faça de tudo para vender o máximo neste período.

Isso se traduz em marketing agressivo, promoções (nem tão promissoras assim). Filhos (e netos) correndo para comprar uma lembrancinha, como se mãe só existisse um dia.

Porém quando estamos falando em EDUCAÇÃO, a data não passa em branco também. Muito merecidas são as homenagens, sem dúvida. Vida de mãe não é fácil, e muito mais desafiadora nesses 2 anos de pandemia.

E porque não aproveitar o Dia das Mães e falar de Educação Financeira nas aulas. É possível?

Sim, é possível.

Inclusive muito oportuno e proveitoso. Há vários pontos de conexão.


Dicas de como aproveitar o Dia das Mães e ensinar Educação Financeira.

1) Trabalhar os Valores para consumir com consciência

Objetivo: Formar para cidadania. Ensinar a consumir de forma consciente. Trabalhar valores. Instigar o pensamento crítico e analítico. Ensinar a não se deixar influenciar. Trabalhar o verbo ser e ter

Uma das coisas que a Educação Financeira trata é sobre o consumismo. É saber fazer escolhas inteligentes que preservem as suas finanças (e junto a sociedade e o meio ambiente).

E uma das coisas que nos leva a ter escolhas mais conscientes é entender o real significado de cada compra, de cada gasto. É saber o porquê daquilo que estou comprando.

No artigo Páscoa não é (somente) sobre presentear ovos de chocolate, falamos exatamente disso. “Quando entendermos o real significado das coisas… deixamos o consumismo de lado e abraçamos o propósito, a essência. E isto nos torna consumidores conscientes. E de bônus uma boa saúde financeira”

E ainda complementamos “Se você não assimilar a razão por trás, entender o significado e a essências das coisas, dos eventos, das tradições, ou ainda conhecer os benefícios e as consequências do que compramos, o consumismo é que vai assumir os porquês.”


Nesse sentido sugerimos algumas atividades; 💡

Pesquisar a história do dia das Mães. Porque ele foi criado. Qual o objetivo desta data. Qual a essência. E correlacionar com o alto consumismo nesta data. Pode ser adotado tanto para Ensino Fundamental quanto para o Médio, Técnico e Adultos.


Painéis sobre os nossos valores. Fazer a relação do consumo consciente versus os presentes para as mães. O que é mais importante o presente ou a felicidade da mãe? A apresentação se dá em forma de painéis/cartazes pela escola (ou empresa, escritório…) para levar este questionamento a todos. Do Fundamental, ao Médio, Técnico e Adulto.

                O artigo Dinheiro compra tudo? O que ele não deveria comprar! Ou Viver precisando de menos e ser mais feliz. Isso é possível? podem servir de introdução.

Viver precisando de menos. Será que é possível. Menos é Mais

A atividade “O que o dinheiro compra e o que não” pode ser usada como um gatilho para essa discussão.


Debate: Também é uma boa oportunidade de se discutir o nível de endividamento das famílias que é causado principalmente pelo alto consumo e relacionar esse alto consumo, com o dia das mães. Mais propício para os maiores.

                Utilize a atividade “Conceito de Investimento – Debate 4 cantos”, porém mude para a seguinte pergunta: “O consumismo no Dia das Mães contribui para o endividamento das famílias?” ou “É possível ter um feliz dia das mães sem gastar dinheiro?”


Trabalhar os valores no Ensino Infantil – ao escolher o material para usar com este tema, opte por aqueles que valorizam o que a mãe é, a sua importância, que ensinem o respeito, converse sobre a sua importância, do carinho e amor que a criança tem. E que isto nada tem a ver com o presente. Também instigue a criança a descobrir meios de presentear em datas comemorativas pessoas de quem temos carinho e que não seja gastando dinheiro. Por exemplo, dando companhia, confeccionando um livro de lembranças, dando uma caixinha de lembranças, cantando uma música…

                Inclua a Língua Portuguesa trabalhando esta frase: “Ser é mais importante do que ter” (seja mais carinhoso, mais amável, mais obediente, do que tenha mais brinquedos ou do dê mais presentes)

Exercício – crianças – O que se compra com o dinheiro e o que não”

                Aproveite a atividade “O que o dinheiro compra e o que não – crianças” para conversas sobre os valores da mãe.


2) Instigar o empreendedorismo

Objetivo: Desenvolver a cultura do empreendedorismo. Desenvolver a criatividade. Ensinar a solucionar problemas. Introduzir a gestão de negócio. Trabalhar o pensamento de longo prazo. Desenvolver a autonomia.

Trabalhar o empreendedorismo em alunos torna os mais engajados como os estudos, aumenta a capacidade de exploração, instiga a criatividade, ensina a resolução de problemas, potencializa a autonomia, fomenta a capacidade de enfrentar desafios, a se planejar entre outras.

O Planejamento é essencial.
Foto por Startup Stock Photos em Pexels.com

E o que tem o empreendedorismo com Educação Financeira?

Tudo. Revejam as habilidades mencionadas acima. São as mesmas para Educação Financeira. E Educação financeira pode funcionar como a porta de entrada do mundo empreendedor na sala de aula. E vice versa. Muitos temas se convergem e são trabalhados em conjunto.

Lidar com finanças é saber ser criativo, é saber negociar, é saber gerir, é saber planejar e ter noções de matemática. Tudo o que um empreendedor necessita.

Nesse sentido, para os dias das mães também há oportunidade de aproveitar esse gancho e trabalhar os dois temas.


Criar um dia das mães diferente. Será que para celebrar esta data é só entregando presente ou indo almoçar no restaurante? Uma das habilidades procuradas pelo mercado de trabalho é a capacidade de pensar fora da caixa ou ainda de criar soluções inovadoras (start up) para um problema (que no caso pode ser “Como ter um dia das mães sem consumismo” ou “Em tempos de crise financeira como fazer um dia das mães sem dinheiro). Esse tipo de atividade vai bem com alunos do fundamental II e Ensino Médio e Técnico. E para adultos também.

Momentos valem muito
Foto por Anete Lusina em Pexels.com

                Para os menores (Infantil e Fundamental I) o desfio também vale. Faça eles pensarem e decidirem em como surpreender a mãe. Mas tem que ser algo feito por eles, não traga a solução (lembrança) “quase” pronta. Aqui a proposta é eles elaborarem algo sem custo, por exemplo como coisas que já tenham em casa. Usando a criatividade perante um desafio. Porque não um poema, preparar o café da manhã, fazer um bolo, um doce, oferecer uma massagem, lavar o carro dela…..


Desenvolver um produto, um serviço com cara de Dia das Mães. Aqui o processo deverá ser mais longo e já direcionado para o Ensino Médio, técnico e adultos e que já saibam fazer Orçamento e Planejamento Financeiro.

Do estudo de mercado, passando por pesquisa de opinião, levantamento dos custos e do cálculo do preço final.

Comece detalhando o Planejamento (veja o ebook sobre Planejamento).Na sequência com todos os custo em mãos calcule o preço final, trabalhe o orçamento, apresente uma ação de marketing. Proponha algo que seja inovador, solução de um problema, colaborativos, da economia circular ou sustentável.


3) Criar orçamento, fazer um Planner, fazer um planejamento

Objetivo: Oferecer conceitos e ferramentas para tomadas de decisões em situações específicas, como festividades. Ensinar a planejar a curto prazo. Desenvolver a cultura do planejamento. Ensinar a fazer um Orçamento e Planejamento Financeiro.

Usar o Dia das Mães como ignição para elaborar um orçamento e/ou fazer um planejamento pode ser uma boa estratégia.

Vejamos, o 1º objetivo de um Planejamento Financeiro é fazer com que os gastos sejam menores do que as receitas. Depois temos ainda a conquista de sonhos e o planejamento da aposentadoria.

E os gastos com os Dias das Mães podem perfeitamente levar uma família a ficar no vermelho. E como ela pode fazer para que ao fim deste dia especial a família não termine endividada?

Simples, tendo um orçamento.


Elaborando um orçamento: É através dele que é possível saber o quanto tem disponível para gastar (lógico levando em consideração que o mais importante é a homenagem). Peçam que elaborem um orçamento considerando as previsões dos gastos (como o presente, o almoço, etc) e confrontando com as receitas. Será possível gastar o que se pretendia? O orçamento tem folga para esta data comemorativa?

Aqui você encontra vários modelos para baixar. Para Jovens/Adultos – impresso; Para Jovens/Adultos planilha do excell; Para Adolescentes e para Crianças.

Neste artigo, falamos sobre o Orçamento na sala de aula, tem muitas dicas.


Fazer um Planejamento: O ideal seria já ter um Planejamento Financeiro pronto bem antes dos dia das Mães, assim já é possível estar reservando um valor específico para esta data, comprando antes o que permite comprar com descontos. Baixe o ebook sobre Planejamento.

Mapa mental Planejamento Financeiro

Vale usar essa oportunidade como um exemplo da importância de ter um planejamento já em andamento exatamente para ter tranquilidade em datas como esta.

Trabalhe o pensar a longo prazo. Neste artigo “Estilos de lidar com o dinheiro: Não fazer planejamento nem pensar a longo prazo” falamos sobre o tema.

Ou ainda é possível fazer um Planner específico para a data. No caso em que a festividade vá envolver mais de uma família e uma festividade maior, com mais gastos. Nós temos um Planner para a Páscoa, vale dar uma olha e confeccionar com os alunos um específico para este tema.

A questão central de trabalhar o dia das Mães com a Educação Financeira é que a data é comercial e existe uma “pressão” (do comércio, dos amigos, da família) para gastar dinheiro, e se uma pessoa não tiver consciência de sua situação financeira, não tiver conhecimento básicos de Educação Financeira ela vai se endividar.

Vale a leitura deste livro, mas antes assine nossa newsletter e receba sempre dicas para as suas aulas.

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Ebook Estilos lesivos de lidar com o dinheiro
Sites visitados

SEBRAE RS

Insper

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s