Pensar a longo prazo – Comportamento do Investidor V

Estamos vivenciando um mundo pautado no imediatismo e transferimos isto aos investimentos, não estamos acostumados a pensar a longo prazo e como consequência desperdiçamos oportunidades de aumentar nossa renda.

Podcast – Pensar a longo prazo – Comportamento do Investidor V

Hoje vamos falar sobre um comportamento que transcende o mundo do investidor, mas imprescindível para quem investe, que é agir pensando no futuro. Pensar a longo prazo (do inglês Thinking Long-Term), tão difícil atualmente e totalmente oposto à cultura, o modus operandi de hoje.

A cultura do imediatismo é a cultura de hoje⏰. Estamos rodeados de ações rápidas. Um post tem que ser publicado na rede social agora, o almoço tem que ser entregue já, a roupa que uma celebridade usa tem que ser adquirida hoje, decisões têm que ser tomadas rapidamente. A tecnologia trouxe rapidez, transferência bancárias em segundos, reuniões ao redor do mundo em minutos, notícias da manhã já são antigas à noite. Alguém aí tem paciência para ler um artigo longo, mais de 5min? Este artigo por exemplo! Perdemos a arte de refletir, de analisar, de olhar lá na frente. Somos estimulados a sermos assim e nos acostumamos.

Transferimos esta agilidade aos investimentos, queremos lucro já, enriquecimento para agora. Preferimos comprar a prazo, pegar um financiamento e ter o produto agora, do que ter paciência e ir economizando e comprar lá na frente mas à vista pagando menos. O crediário nos fascina, leia mais neste artigo Crédito – Vilão ou mocinho?

Mas infelizmente rapidez no retorno de investimento tem um nome que se chama aposta.

E investir não é apostar.

O bom retorno financeiro do investimento se dá a longo prazo. Sabe aquele famigerado juros compostos, ou juros sobre juros. Felicidade para aqueles que investem, pesadelo para quem é endividado.

Investir a Longo Prazo é ver o efeito dos juros compostos, é tirar o máximo dele. O que você investe hoje, gera pequeno lucro que vai se juntando com o valor investido que aumenta gerando um lucro maior que junta mais um pouco e o que era R$100,00 vira R$200,00 e cada vez o lucro vai subindo mais rapidamente. Efeito bola de neve.

Também significa que ao errarmos em uma estratégia de investimento, temos o tempo para corrigir o erro, reverter a situação e recuperar o valor perdido. Em investimentos de curto prazo este tempo não existe.

Investir a longo prazo é a capacidade de extrair o máximo das aplicações financeiras, neutralizar as oscilações momentâneas, e recuperar perdas ocasionais.

O fato de não estarmos acostumados a agir pensando em longo prazo, também não investimos muito a longo prazo.

Mas porque não estamos acostumados a pensar a longo prazo?

Não faz parte da nossa cultura. Isso se reflete no fato de que não fomos educados para fazer planejamentos. Nos mais diversos níveis e situações.

A começar com planejamento financeiro familiar. Pouquíssimos fazem. Se planejar para a aposentadoria, também não. Planejar a carreira profissional? Educação dos filhos, também deveria ser de longo prazo. O que eu ensino hoje vai se refletir na vida adulta.

Quando muito planejamos as próximas férias, mas as seguintes muito provavelmente não.

Um dos fatores que influenciaram para esta realidade são as constantes mudanças que ocorrem no país. O sobe e desce da economia já fez muitos planejamentos fracassarem. Quantas vezes planejamos algo e os rumos do país atrapalharam tudo.

A estabilidade de um país interfere na capacidade de se planejar a longo prazo.

Isso aliada a cultura do imediatismo torna esta tarefa mais difícil. Afinal quem está disposto a abrir mão de um prazer hoje para desfrutar algo no futuro, mesmo sabendo que este desfrute no futuro poderá ser melhor.

E o que é pensar a longo prazo?

É analisar hoje, decidir hoje sobre algo que vai ter resultado no futuro e estar ciente deste resultado daqui a 5, 10, 20 anos.

É fazer considerações do que pode acontecer no futuro; é saber quais são as escolhas de hoje que afetarão o futuro e o que sabemos (ou não) das consequências futuras destas escolhas.

É trabalhar hoje com consciência que isto afetará o seu futuro.

Normalmente pensar a longo traz felicidade, realizações.

Agir pensando no longo prazo, nos faz querer dar um valor a algo e que no futuro este valor traga mais riqueza, uma vida melhor. Afinal queremos sempre subir, crescer e não regredir.

Pensar a longo prazo é como um musculo💪, quanto mais ele é usado mais forte e natural fica.

Levando o pensamento de longo prazo para investimento significa ser mais racional e tirar as emoções nas decisões. Quando, ao tomar as decisões, estamos pensando nas consequências no futuro, analisamos qual a melhor escolha para atingir os objetivos lá na frente, instintivamente estamos tirando o peso das emoções (não que deixamos de nos influenciar por elas, somente diminuímos o seu poder).

Lembre-se para realizar sonhos usamos os investimentos a longo prazo para realiza-los.

O que fazer então?

Se você leu este artigo até aqui, parabéns, você é daqueles que “ainda” conseguem se dedicar mais tempo para reflexão, estão no caminho certo.

  • Tenha objetivos, o que eu quero para a minha vida; e porquê. Talvez isso seja difícil, comece determinando objetivos por área (que saúde eu quero ter; que família eu quero e o que ela quer; qual carreira profissional quero ter; qual padrão financeiro eu quero ter; qual vai ser a minha fé/espiritualidade; e qual o tipo de vida social);

Leia o ebook “Vamos falar de 2021” e saiba como começar a ter objetivos.

  • Aprenda constantemente coisas novas, inclusive sobre investimentos a longo prazo; conheça o mercado;
  • Tenha consciência de que não é tarefa fácil e que necessita de constante vigilância;
  • Se pensar a longo prazo não é natural para você defina períodos para se dedicar exclusivamente a isso, cada dia 15, ou a cada dois meses, por exemplo. Reflita o que fez, se continua no caminho certo, faça correções. Isto inclui suas aplicações financeiras;
  • Ao escolher comprar ações, pesquise muito sobre a empresa. Quais são seus planos a longo prazo, como ela se vê daqui a 5 – 10 anos? O mercado dela tem perspectiva de crescimento ou é um mercado que a tecnologia está ameaçando.
  • Não olhe as aplicações diariamente, lembre-se das oscilações temporárias;

Saiba mais sobre investimento na série Onde Investir o meu dinheiro o primeiro episódio é sobre “Os riscos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s