Onde Investir o meu dinheiro? O tempo

Definir o tempo disponível para atingir os objetivos financeiros nos permite saber se estamos mais ou menos dispostos a correr riscos no investimento.

O 3ª fator que temos que considerar ao escolher o melhor investimento é o fator TEMPO. Para quando você pretende usar? Em quanto tempo o investimento vai ser retirado da aplicação?

Uma vez definido o tempo necessário para atingir os objetivos financeiros escolhemos investimentos com perfil de curto, médio ou longo prazo exatamente de acordo com esse tempo necessário.

Investimentos de longo prazo nos permite corrigir a rota permitindo correr mais riscos. Do outro lado prazo mais curto, sem tempo de correção, exige investimento com maior precisão de renda, ou seja, mais seguros e menor risco.

Se por exemplo dispomos de pouco tempo – daqui a 2 anos por exemplo, não queremos correr muito risco, afinal caso aconteça uma perda monetária não haverá tempo disponível para reverter esta perda.

Neste caso você pode estar querendo juntar dinheiro para trocar de carro, fazer aquela tão sonhada viagem, reformar a casa, a data do casamento esta sendo marcada, a festa de 15 anos da filha esta quase chegando.

O prazo de utilização do recurso é curto. O grau de risco que se deveria correr em relação a esse investimento é zero. Valores destinados à emergência e imprevisto devem ter aplicação para curto prazo.

Já ao contrário, se o prazo é longo – 5, 10 anos ou mais, há muito mais margem para arriscar permitindo em caso de perda, tempo para reverter e recuperar o valor.

Aqui estamos falando em investir principalmente para a aposentadoria, mas não só isso; pode até ser para pagar lá na frente a faculdade dos filhos menores, ou ainda quem esta no começo da carreira e considera no futuro construir uma família, ou ainda a realização de um sonho, um projeto maior como empreender.

Na tabela abaixo alguns exemplos de aplicações que melhor se encaixam em curto e longo prazo. Lembrando que em alguns casos a aplicação serve tanto para curto como longo.

Até aqui falamos que o tempo tem importância por causa do risco que a aplicação pode sofrer, ou seja, para prazo curto, riscos menores, e para prazo longo, riscos maiores.

Porém este não é o único fator que devemos considerar ao escolher o investimento considerando o fator tempo.

Verifique qual é a obrigação do tempo da aplicação. Existem alguns investimento que não podem ser retirados antes de um período X de aplicação, e se o fizer perde boa parte do rendimento, em alguns casos inclusive parte do capital investido.

Também é necessário verificar a incidência do IR, que varia conforme o tempo que o dinheiro fica na aplicação.

E por fim também a taxa de administração, que em alguns casos a depender do período que o recurso ficar disponível pode haver isenção.

Pesquise muito e faça comparações.

Os outros fatores a considerar que já vimos são:

Onde Investir o meu dinheiro? Os riscos.

Onde Investir o meu dinheiro? O perfil.

Onde investir o meu dinheiro? A Utilidade Marginal

Onde Investir o meu dinheiro? A diversidade

Onde Investir o meu dinheiro? A divisão

Não perca novos conteúdos, receba com rapidez

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Veja nossa série sobre Cuidados na hora de investir:

CUIDADO: Investindo como se fosse um gamer!

Cuidado: Investir seguindo apenas opiniões de influencers

CUIDADO: Mesada para crianças investirem na bolsa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s