Situação de Emergência Financeira pede um Orçamento em Crise. Conheça nosso método para sair das dívidas.

Publicado originalmente 02 outubro 2020

Atualizado em:

Estou endividado, e agora! Muita calma nesta hora! Respire fundo que temos a solução”

Índice
1º passo: cuide do psicológico
2º passo: adquira conhecimento
3º passo: Adote o Orçamento em crise
Etapa 1: Mapear todas as dívidas e as obrigações
Etapa 2: Eliminar Desperdícios – Reduzir Supérfluos

Todos nós estamos sujeitos a em algum momento de nossas vidas passar por uma crise financeira. A vida, de um segundo para outro, pode se transformar drasticamente. Infelizmente vemos de tempos em tempos exemplos reais de famílias passando por situações que certamente as levarão a uma crise financeira.

E aí bate aquele desespero. Sentimento de estar perdido. O que fazer, o que vai me acontecer, e agora? Fome, privação, medo! São as indagações mais frequentes.

Porém existem muitas pessoas, instituições, grupos e iniciativas que estão prontos para ajudar. Inclusive nós.

Por isso, tente seguir esses passos:

1º passo: cuide do psicológico

Não se desespere! Respire fundo, se acalme. , estamos aqui para te ajudar. Vai dar certo. Parece difícil, mas se psicologicamente você não estiver bem estruturado pode acontecer de tomar decisões erradas.

Cuide primeiro de você para ficar forte e conseguir enfrentar a situação com mais vigor.
Foto por Anete Lusina em Pexels.com

Esta é a primeira atitude a ser tomada.


2º passo: adquira conhecimento

Não acredite em solução milagrosa. Quando estamos desesperados estamos propensos a aceitar qualquer ajuda e é ai que entram os espertos querendo aplicar algum golpe.

Porém esteja ciente da sua situação e saiba que você vai ter que agir, não fique esperando que as coisas se resolvam naturalmente. Se deixar rolar, a crise financeira pode gerar uma bola de neve.

Atitudes terão que ser tomadas, mudanças feitas e o comprometimento de todos é fundamental. E toda a família tem que estar envolvida e ser corresponsável, peça ajuda e colaboração de todos.

Se informe, estude, investigue, consulte pessoas especializadas e idôneas, órgãos de defesa do consumidor e consultoria (oficial).

Conheça seus direitos e deveres.


3º passo: adote o Orçamento em Crise

Adote o “ORÇAMENTO EM CRISE”, para aqueles que já fizeram a lição de casa e já tinham um orçamento em funcionamento fica mais fácil.

Para aqueles que não estão habituados a viver com um orçamento, sugiro começar imediatamente, sem ele fica bem mais complicado.

O “Orçamento em Crise” é uma sequencia de ações e estratégias com a finalidade de colocar as contas em ordem, ou dependendo do tamanho da crise, que ela não se aprofunde demais e lhe auxilie atravessar esta crise da melhor maneira possível. E quando chegar a calmaria vai lhe permitir eliminar as dívidas de forma mais inteligente e eficaz.

Ela consiste de 5 etapas, veja o quadro.

Orçamento em Crise – Etapas

Etapa 1: Mapear todas as dívidas e as obrigações

Faça uma lista contendo tudo o que você deve (todo pagamento que venceu e você ainda não pagou) e outra lista com as suas obrigações (todos os pagamentos que estão a vencer).

Dívidas: aqui vamos considerar como dívidas, tudo aquilo que já venceu e você não pagou.

Obrigações: são todas as contas. Ou seja, tudo o que você se comprometeu em pagar e vencerá no futuro. Lembrando que conta de água, luz, pacote internet são obrigações também.

Anote o valor da parcela, a data de vencimento, os juros (se houver).  Separe em duas listas.

Na primeira lista anote tudo o que ainda não venceu. É a lista de (obrigações) a vencer

E na outra somente o que já venceu – deixe separado para ser usado em outra etapa.

Das obrigações a vencer verifique quais podem ser eliminadas ou reduzidas. Exemplo: Prestação do Carro – vender, trocar por um mais barato. Assinaturas de streaming, pacote de Internet e Celular – reduzir o valor ou eliminar completamente. Mensalidades, exemplo; academia de ginástica você pode encontrar outra mais barata, ou melhor, optar por praticar atividades que não envolva uma academia.

E não FAÇA NOVAS DÍVIDAS, não assuma mais nenhum compromisso financeiro. Salvo exceção quando estiver na fase de “Eliminando Dívidas”. Mas até lá há um caminho a percorrer.


Etapa 2: Eliminar Desperdícios – Reduzir Supérfluos

Quem me acompanha, sabe que quando fazemos um orçamento separamos os gastos entre Necessários (aqueles que são fundamentais para as nossas vidas), os Supérfluos (aqueles que podemos usufruir somente conforme situação do nosso orçamento) e os Desperdícios (que devem ser totalmente eliminados).

Neste post eu explico como fazer: Planejamento Financeiro: Orçamento, o nosso guia

Nesta etapa a estratégia é ELIMINAR o máximo possível dos gastos Supérfluos.

Acredito que neste momento não haja mais desperdícios em seu orçamento. Lembre-se; desperdício não é só torneira vazando água e nem luz ligada em quarto sem ninguém; desperdício é sair de carro para comprar uma única coisa todos os dias – junte e saia uma única vez, também é comprar algo e nunca usar; é ir até o outro lado da cidade para ir à manicure sendo que existem outras mais perto (de igual qualidade e valor); é pagar uma mensalidade que incluem itens que não uso. É ter um pacote de dados ou serviços e usar bem menos.

Reveja o seu orçamento, veja se não há itens que você considera necessários, mas que podem ser categorizados como Supérfluos e assim podem ser temporariamente eliminados.

Saiba diferenciar necessidade de desejo.

Use de criatividade, se desapegue, encare que é um período de sua vida que exigem sacrifícios.

Por fim reveja itens no seu gasto que você pode ficar sem por um período.

Se em último caso não há como eliminar, reduza ao máximo. Reveja inúmeras vezes essas listas, você sempre vai encontrar gastos classificados como necessários que você pode trocar por outro mais barato.

Lembre-se você está em situação de emergência, que pedem soluções emergentes. É hora de empenho, dedicação. Considere que é só por um período. Melhor reduzir o máximo agora e conseguir voltar a vida ao normal o mais rápido possível.


No próximo post da série, vamos falar das outras etapas.

Mas se não aguentar de esperar, baixe já o ebook, tá tudo lá.

Veja o 📚 ebook Orçamento Doméstico em Tempos de Crise, e acesse toda a série em um lugar só;

capa do ebook “O Orçamento Doméstico em tempos de crise financeira”

Ou siga esta trilha por aqui no site:

Situação de emergência pede um orçamento em crise

Orçamento em crise: Aprenda a priorizar

Orçamento em crise. Chegamos! Eliminando dívidas

Negociando dívidas. Dicas

Dicas de como sair da crise financeira

Receba novo conteúdo no seu email, com conforto e rapidez

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Capa ebook Planejamento Financeiro – Todos os episódios da série juntos

Para que a estratégia do Orçamento em Crise funcione é importantíssimo ter um Planejamento Financeiro.

Veja este ebook, baixe aqui gratuitamente, que ele vai te ensinar a fazer o seu.

Os dois têm que andar juntos para o sucesso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s