Afinal o que é Crédito?

Fácil definir, porém difícil compreender o significado. Qual o seu real sentido?

Definição da palavra crédito

A palavra crédito vem do latim, creditum, que quer dizercrença, confiança, empréstimo”.

Podemos usar a palavra crédito quando depositamos a confiança em alguém, “Ele tem meu crédito de que não vai colar na prova”; ou ainda usamos para informar quais são todas as pessoas e instituições envolvidas na produção de um filme, um trabalho, um projeto, “O crédito desta obra é todo de Alberto…”; ou uma definição contábil, “Tudo que entra na sua conta bancária é crédito e tudo que sai é débito”.

Porém o seu lado mais famoso e de fundamental importância no mundo, é o termo de cunho financeiro. Principalmente para as financeiras.

Neste caso, a definição do termo Crédito se aproxima do sentido acreditar, confiar; Eu confio, eu creio (dai o cunho credor) de que você vai me devolver e por isso estou emprestando a você.

Sua origem remonta da Idade Média na Europa, sendo os burgueses comerciantes como pioneiros e desenvolvidos e amplamente aprimorados pelo judeus.

Sendo bem simplista:

“Crédito é igual a emprestar dinheiro.”

O termo crédito engloba todas as diversas formas que bancos, instituições emprestam dinheiro para as pessoas.

Tecnicamente falando é o contrato entre um consumidor – pessoa ou empresa chamada de tomador ou devedor – e uma instituição financeira – chamada credora. Nesse contrato, a instituição oferece ao consumidor um valor (montante ou principal) que deverá ser devolvido em um prazo determinado (prestações ou parcelas) acrescido de juros, mais impostos e despesas. As operações de crédito são divididas entre financiamentos e empréstimos.

Financiamento = termo usado quando o empréstimo se refere a compra de um BEM (ou serviço) específico. O que se recebe não é o dinheiro propriamente dito, e sim o bem definido no contrato entre as partes.

Empréstimo: é quando se trata de dinheiro especificamente. Sem definição de sua utilidade nem destinação. No contrato consta apenas o valor monetário.

Na prática, crédito é quando alguém usufrui hoje algo que não teria condições de adquirir neste momento e por isso usa o dinheiro de outro para isso, com a promessa de devolver no futuro, adiando assim este gasto. Em troca deste “adiantamento” paga se juros.

Por isso crédito também pode ser definido como:

Despesas adiada + juros + encargos.

Porém a forma mais impactante para entender o real significado desta palavra é esta:

Dificilmente vemos alguém emprestando uma casa, um apartamento para um desconhecido de graça, sem cobrar nada.

Daí vem os juros.

Por isso o valor devolvido será sempre maior.

Dependendo do caso pode chegar a ser mais do que o dobro. Quanto maior for o prazo de devolução do valor emprestado maior será este valor que deverá ser devolvido.

O sentido real do Crédito

É preciso entender que ao tomarmos um dinheiro ou um bem emprestado, não importa o nome dado, estamos usufruindo algo que PERTENCE a outra pessoa (normalmente o banco).

Enquanto você passeia com o carro financiado você esta usufruindo o dinheiro da financiadora do carro.

Enquanto você caminha na rua com o tênis a ser pago em 12 vezes sem juros, você esta andando com um tênis que não é seu até a 12ª prestação, um ano andando com o tênis de outro.

Se você paga a compra do arroz e feijão com o cartão de crédito, você consumiu algo que ainda nem é teu até o pagamento da fatura. Você vai comer algo que nem é teu. Alguém esta pagando para você consumir.

É preciso entender que crédito é ANTECIPAR uma felicidade para hoje, porém jogamos para o futuro o seu pagamento. E o futuro é incerto.

E o preço desta antecipação é o juro.

Você emprestaria o seu tênis a uma pessoa desconhecida para ela devolver daqui a um ano sem pagar nada por isso? Você trabalhou meses para conseguir comprar e agora empresta assim sem nada em troca e ele ainda vai ser devolvido usado, desgastado?

Pense nisso.

Sugestão de leitura sobre Crédito:

Assim terminamos a nossa série sobre crédito. Veja toda a série nesta sequência:

Afinal o que é crédito

Crédito: vilão ou mocinho?

Juros, sem ele o crédito-nem os investimentos existiriam

Crédito – Você conhece o CET – Custo Efetivo Total?

Crédito: Quando é a hora certa para pegar um empréstimo?

Crédito: Quanto empréstimo é muito empréstimo?

Crédito: O que é a Troca Intertemporal

Ou veja tudo junto no ebook Ebook Crédito – Tudo o que você gostaria de saber e nunca te contaramcom bônus – exercícios, diagnósticos e pontos de fixação e reflexão.

Baixe este ebook e comece 2021 bem

Vamos falar de 2021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s