FUNDOS ESG – O impacto

ESG cada vez mais popular, cada mais vez mais promissor. Os números falarem por si só.

Conforme estudo da Ágora Investimentos, as empresas que adotaram a agenda ESG se destacam no seu nicho. Na IBOVESPA o ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial que mede o retorno médio de uma carteira teórica de ações de empresas de capital aberto listadas na B3 que incorporaram os valores ESG à sua pauta) subiu, desde a sua criação em 2005, 296% contra 223% do total da Bolsa.

Já o relatório da Exame Research a indústria dos Fundos ESG alcançou 1 trilhão de dólares em patrimônio, um aumento de 25%. Onde a média foi de apenas 13%. No Brasil o aumento foi de 26% no período de julho 2019 a julho 2020.

Mas porque isso acontece?

É pela cultura que a empresa adota ao se enquadrar nesses índices. Para cumprir as metas ESG as corporações são geridas para olhar a longo prazo, cuidam das relações, suas consequências e seus impactos com todos os seus stakeholders, ou seja seus clientes, fornecedores, colaboradores, os acionistas, os órgão reguladores, a sociedade e o meio ambiente. Tendo este tipo de atitude na prática ela esta mitigando, reduzindo ao máximo possível algum tipo de dano, acidente, ou qualquer evento que possa acontecer que impacte significativamente seu desempenho. Essas empresas ao adotarem agenda ESG estão minimizando ao máximo seus riscos. O que as tronam mais confiáveis, previsíveis, robustas.

Simplificando: Se você for comprar um carro, encontra alguns à venda. Há um todo bem cuidado, conservado, manutenção em dia, pneus novos, motor regulado. O outro possui vazamento no tanque de combustível, os pneus estão desgastados, óleo queimando. Qual dos dois carros o benefício será melhor, considerando que o valor cobrado é compatível com o estado do bem? O bem conservado porque não traz riscos futuros, não haverá gastos extras, não haverá perda de dinheiro, não há incertezas.

Para não ter que investir isoladamente em empresas que adotam este índice o mercado de investimento está lançando diversos produtos – leia-se Fundos de Investimento com viés ESG e as ETFs.

Veja também estas matérias:

Viver precisando de menos e ser mais feliz. Isso é possível?

Como fica o orçamento doméstico do autônomo se a renda é instável? Dúvidas do divã

O 5R nos Negócios sob a ótica de finanças

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s